6 dicas para entrar em forma durante uma depressão

Os especialistas costumam dizer que o exercício ajuda a curar a depressão. Mas, para muitos de nós, o exercício físico regular já é um dos desafios mais difíceis do mundo.

Os especialistas não estão errados: uma rotina regular de exercícios ajuda na depressão. O exercício ajuda você a dormir melhor, melhora sua saúde e lhe dá confiança. Além disso, o exercício lhe libera endorfina, substância que ajuda na sua felicidade.

Essas dicas podem ajudar:

Comece devagar

Se iniciar um hábito de exercício em larga escala pode ser pedir muito, especialmente se sair da cama é uma luta.

Não se exija muito. Comece sua rotina de exercícios com pequenos passos – literalmente. Em vez de uma maratona, tente uma corrida de 20 minutos. Em vez de ir à uma aula intensiva de spinning, tente ioga.

Claro, adapte este conselho ao seu nível de experiência. Se você corresse maratonas antes que a depressão levantasse a cabeça, uma corrida de 20 minutos seria fácil demais. E se você nunca colocou os pés em uma esteira, considere andar antes de correr.

O ponto principal: começar com uma rotina mais simples leva você de volta ao jogo. Ademais, celebrar essas pequenas conquistas gera excitação e impulso – necessário para voltar à forma.

Seja realista

Você não é um competidor – você não pode ir de zero a 60 em dois segundos. Ou até dois meses. Começar pequeno não significa nada se você está trabalhando para metas irrealistas. Sem mencionar metas irrealistas, tornam o fracasso mais provável. Vamos ser realistas: agora, você precisa de uma vitória.

Para definir suas metas, pense em onde você gostaria de estar fisicamente, daqui a alguns meses. Puxando ferro ferro como Schwarzenegger? Correndo uma maratona?

Agora reduza a escala. Pense em onde, realisticamente, você pode estar. Talvez uma corrida de 5K, não uma maratona. Talvez você esteja indo para a academia diariamente. Lembre-se: você não está simplesmente melhorando seu corpo, mas também está trabalhando para melhorar sua mente. E isso é difícil!

Escolha algo legal

Não torne isso mais difícil forçando-se a fazer um exercício que você odeia. Odeia correr? Tente nadar em vez disso.

Aqui está a teoria: motivar-se para se exercitar quando você está deprimido é difícil. Facilite escolhendo algo que não pareça exercício. Afinal, “exercício” não se limita a eventos olímpicos de atletismo. Considere jogar tênis, participar de uma liga de futebol ou até mesmo fazer ioga nas suas cervejarias favoritas.

O mais importante é encontrar algo que você não queria deixar de fazer.

Não se arrependa se errar

Vamos ser reais: você pode fracassar. Não se envergonhe! É 100% OK perder uma aula de spinning, desencanar da academia ou ficar sem fôlego na quilometro três. O fracasso pode parecer esmagador, mas o sentimento pode ser superado.

Em vez de se lamentar na sua sessão de exercícios, tenha mais empatia por si mesmo. Você está trabalhando duro para superar sua depressão, e isso é algo que vale a pena comemorar. Não desista de seus esforços. Em vez disso, resolva tentar novamente.

Da próxima vez, você terá sucesso. E se você não tiver, continue voltando para a academia, calçando seus tênis, ou encontrando seus amigos para jogar basquete. Eventualmente, o exercício ficará mais fácil.

Se recompense

E nós não queremos dizer apenas no final da sua jornada. Não planeje uma recompensa – planeje muitas! Dê-se um deleite toda vez que você avançar uma semana no programa. Ou, se você está trabalhando em suas habilidades de escalada, recompense-se por cada aumento no nível de dificuldade.

O que exatamente constitui uma “recompensa” depende inteiramente de você. Talvez você assista a um novo episódio do seu episódio de TV favorito – ou talvez se mime com sorvete. (Contraintuitivo? Talvez. Mas se você se mexer … por que não?) Escolha algo que seja um verdadeiro incentivo. Caso contrário, você pode não se encontrar trabalhando em direção ao objetivo.

Busque por suporte

Você não está nisso sozinho. Seus amigos e familiares estão torcendo por você também – envolva-os no seu processo. Talvez sua mãe esteja querendo começar a correr também. Vão correr juntos! Precisa de um amigo de escalada? Pergunte a alguns de seus amigos.

Ou talvez apenas peça a seus amigos para verificar seu progresso de vez em quando. Mas certifique-se de que eles entendem a jornada em que você está e como isso envolve mais do que simplesmente seu bem-estar físico. Você quer amigos que vão celebrar as conquistas que você fez, não amigos que vão acabar com você por não alcançar todos os seus objetivos na metade do tempo esperado.

25% a mais de chance de continuar

Estabelecer metas realistas, recompensar-se, praticar gentileza e estabelecer um sistema de apoio. Isto ajudará você no caminho da recuperação.

Estudos descobriram que pacientes que praticam esses princípios  têm 25% mais chances de se manter no exercícios escolhido.

O exercício é essencial para superar a depressão, e essas práticas ajudam a integrar o exercício em sua rotina diária para que você possa se sentir melhor mais rápido.

Está precisando de ajuda? Consulte um de nossos psicólogos online na 99psico.

Fale agora com um Psicólogo Online

Compartilhar:


Compartilhar: